How did the Queen spend her holidays in Balmoral?


This is where the British monarch spent a few precious weeks away every year. This was her favourite getaway... and it's easy to understand why.

She'll reportedly used to stay at her residence in the Scottish Highlands until early October, and several royals were expected to join her for a time. Prince Andrew and his daughters, Princess Beatrice and Princess Eugenie, were usually the first to join the Queen in Scotland. Sarah Ferguson has been invited too in recent years, even though she and Prince Andrew are no longer married. Prince Harry, Meghan and baby Archie, as well as the Cambridges, were expected as well.

While in there, they liked to have lunch always outdoors and they used to go outside every day going on expeditions. Even the Queen was known to explore the grounds on horseback, or behind the wheel of a Range Rover. The Scottish property was also the place the Queen and her late husband, Prince Philip, indulged of their love of picnics. Family employees was absent, permitting the royal couple to take over.

And after dinner, Her Majesty even used to do the dishes. At least a few years ago... According to former Prime Minister Tony Blair: “They put the gloves on and stick their hands in the sink. The Queen asks if you’ve finished, she stacks the plates up and goes off to the sink.".

Historically, this is a quite important place. Balmoral served as the destination for Prince Charles and Princess Diana's less-than-romantic honeymoon. It was also where Prince Harry and Prince William learned of their mother's tragic death in 1997.

But the history of this place is much longer. The first home at Balmoral was reportedly built in 1390, but the property didn't enter into the British royal family until 1852, when Prince Albert purchased the estate as a gift for his wife, Queen Victoria. However, when the residence was deemed too small, the royal couple built an additional castle—the one that still exists today—to fit their growing family.

The Queen also used to host the Ghillies Ball during her residency, a Scottish country dance that Balmoral’s staff and local community members attend.

The castle is classified by Historic Scotland as a category A listed building, and costs around £3 million annually to run.


The Queen had a special place for Balmoral in her heart, which she referred to as "my dear paradise in the Highlands"... It was here the Queen passed away peacefully on 8 September.

Here are some of my favourite photos from Balmoral:

 

Era aqui que a monarca britânica passava umas maravilhosas semanas todos os anos. Este era o seu refúgio favorito... e não é difícil perceber porquê.

Ela tinha por hábito permanecer na sua residência das Highlands escocesas até ao início de outubro, e vários membros da realeza juntar-se-iam a ela por um tempo. O príncipe Andrew e as suas filhas, a princesa Beatrice e a princesa Eugenie, eram geralmente os primeiros a juntarem-se à rainha na Escócia. Sarah Ferguson também era convidada nos últimos anos, apesar de já não ser casada com o príncipe Andrew. O príncipe Harry, Meghan , assim como os Cambridges, também eram esperados.

Durante o tempo que por lá passavam, eles gostavam de almoçar sempre ao ar livre e todos os dias saiam em expedições. Até mesmo a rainha era conhecida por explorar as terras a cavalo, ou ao volante de um Range Rover. A propriedade escocesa também era o lugar onde a rainha e o seu falecido marido, o príncipe Philip, se dedicavam ao amor que partilhavam por piqueniques. Os funcionários da família ausentavam-se, permitindo que o casal real assumisse total controle.

E depois do jantar, Sua Majestade também lavava os pratos. Pelo menos até há uns bons anos atrás... Segundo o ex-primeiro-ministro Tony Blair: “Eles colocam as luvas e mãos à obra no lava loiça. A rainha pergunta se já terminámos, ela empilha os pratos e vai para o lava loiça. "

Historicamente, este é um lugar muito importante. Balmoral serviu como destino para a lua de mel pouco romântica do príncipe Charles e da princesa Diana. Foi também onde os príncipes Harry e William souberam da trágica morte da sua mãe em 1997.

Mas a história deste lugar é muito mais longa. A primeira casa em Balmoral teria sido construída em 1390, embora a propriedade só tenha passado a ser da família real britânica a partir de 1852, quando o príncipe Albert comprou a propriedade como presente para a sua mulher, a rainha Vitória. No entanto, a residência foi considerada pequena demais, tendo o casal real construído um castelo adicional - aquele que ainda existe hoje - para acomodar a sua numerosa família.

A rainha Isabel II também era anfitriã do Ghillies Ball durante a sua estadia - uma dança escocesa na qual os funcionários de Balmoral e membros da comunidade local participam.

O castelo é classificado pela Historic Scotland como um edifício de categoria A, e a sua manutenção custa cerca de 3 milhões de libras por ano.


A Rainha tinha Balmoral num lugar especial do seu coração, tendo chegado a chamá-lo de "meu querido paraíso nas Terras Altas"... Foi aqui que a Rainha faleceu pacificamente a 8 de setembro.

Aqui ficam algumas das minhas imagens favoritas captadas em Balmoral:

You Might Also Like: