For professional inquires or general questions or comments, please contact: mylilobridge@gmail.com

 

Contact Me

The world of Jane Austen in Bath

August 10, 2019

I've always loved Jane Austen's novels, and have been very curious about her own life, so it's not hard to understand why I was so excited to visit Bath.

 

Bath is a city she has always writted about in novels such as "Northanger Abbey" or "Persuasion". Those are fondly called the Bath novels and they were the first and the last to be completed by her. They were written 18 years apart and were not published til after her death. So the ones who have read them can easily find famous places walking around Bath.

 

I was very happy to learn that Bath has a place called The Jane Austen Centre: a place right at the heart of the city, situated in an original period property, where we can find a permanent exhibition that explores Jane’s time in Bath and the influence that this beautiful city had on her books, characters and personal life. Here, there's also a Regency Tea Room and a Gift Shop (where you get a welcome 10% off).

 

The Centre has become one of the most popular celebrations of Jane Austen ever, attracting thousands of visitors each year from around the globe. The exhibition aims to be not only informative but also exciting and illuminating. 

 

One of the things I found more interesting was the presence of knowledgeable guides very well dressed to the occasion. Inside, there are time to talks, activities and contemporary exhibits, including the opportunity to dress up in Regency costume and view an exclusive film starring Adrian Lukis (Mr. Wickham in the celebrated BBC adaptation of "Pride and Prejudice").

 

Outside of the building there's always a real Mr.Darcy waiting to open the door and a life size wax model of the author, it was unveiled at the Centre on 9 July 2014 and is currently on public display there. The only verifiable image of her is a small watercolour painted by her sister Cassandra. This, however, has been acknowledged by experts as a ‘poor attempt’ and was described by her niece as ‘hideously unlike’ her aunt Jane. At the same time though, there exists many contemporary descriptions of her by friends and it was in this fact that the origin of the sculpture lies.

 

When inside, I was invited to wait just a few seconds (me and a group of maybe 10 people) and then we all got inside a room decorated almost like  a school room. And there we had our own 'teacher', a very simpathetic girl, who gave us every insights about Jane's life. And I have to confess I did know very little about her real life...

 

She was bornt in Steventon (Hampshire, 16 de dezembro de 1775) and died in Winchester (18 de julho de 1817). She had 6 brothers (Francis William, Charles John, Edward, Henry Thomas, James, George) and one sister (Cassandra Elizabeth). Her first visit to Bath was in 1797, when she was 21 years old. She arrived withe her mother and sister Cassandra to stay with her maternal aunt. 

 

There is no evidence that Jane was courted by anyone, despite a brief youthful love with Thomas Lefroy at age 20. In January of the following year, 1796, she wrote to her sister that it was all over, for she could not marry for economic reasons. 

 

In 1800, her father decided to move to Bath. At this time, the family used to go to the coast every Summer, and it was on one of these trips that Jane met a man who fell in love with her. Unfortunately, he died. However, this fact does not appear in any of her letters, but it was written many years later, and it is not known how much this relationship may have affected Austen, even though some consider it an inspiration for "Persuasion" .

 

In December 1802, while Jane and Cassandra were with the Bigg family near Steventon, Harris Bigg-Wither proposed to Jane, and she consented. Probably broke the appointment the next day, and went with Cassandra to Bath.

 

Austen started Persuasion in August 1815, but a year later began to feel bad. In early 1817 Sanditon began, but had to abandon the work for his health. To receive medical treatment she was taken to Winchester, where she died on July 18, 1817, at the age of 41. In her will, she bequeathed everything he had to his sister Cassandra.

 

As long as I've learn, Jane had lived in different houses in Bath. But one of them, sits here in the same street as the the Jane Austen Centre, at N.25 Gay Street.

 

And did you know there's a Jane Austen Festival every year in Bath? From the 13th to the 22nd of September everyone is invited to celebrate the life and works of Bath's most famous resident. 

 

Now, follow me through the exhibition! In the first part of the exhibition we have access to some original items which were used in the filming of 1995 and 2007 versions of Jane Austen's "Persuasion".

Eu sempre adorei os romances de Jane Austen e tenho tido sempre muita curiosidade sobre a sua própria vida, não é, por isso, difícil de entender porque fiquei tão animada por visitar Bath.

 

Bath é uma cidade sobre a qual ela sempre escreveu em romances como "Abadia de Northanger" ou "Persuasão". Esses são carinhosamente chamados de romances de Bath e foram precisamente o primeiro e o último a serem escritos por ela. Foram escritos com 18 anos de diferença e não foram publicados antes da sua morte. Daí que, aqueles que os leram consigam facilmente encontrar lugares conhecidos ao passearem por Bath.

 

Eu fiquei super feliz ap saber que Bath tinha um lugar chamado The Jane Austen Centre: um lugar bem no coração da cidade, situado  numa propriedade original da época, onde podemos encontrar uma exposição permanente que explora o tempo de Jane em Bath e a influência que esta bela cidade teve nos seus livros, personagens e vida pessoal. Aqui, há também um Regency Tea Room e uma Gift Shop (onde logo à chegada recebemos 10% de desconto).

 

O centro tornou-se uma dos locais mais populares de celebração da vida e obra de Jane Austen, atraindo por ano milhares de visitantes um pouco de todo o mundo. A exposição pretende ser não apenas informativa, mas também divertida e esclarecedora.

 

Uma das coisas que achei mais interessante no sue interior foi a presença de guias experientes bastante bem vestidos para a ocasião. Por lá, há tempo para palestras, atividades e exposições contemporâneas, incluindo a oportunidade de se vestir em trajes da época e assistir a um filme exclusivo que conta com Adrian Lukis (a personagem de Wickham na célebre adaptação da BBC de "Orgulho e Preconceito").

 

Do lado de fora do prédio há sempre um verdadeiro Mr. Darcy à espera para nos abrir a porta, bem como um modelo de cera da autora em tamanho real, que foi exposto no Centro a 9 de julho de 2014 e está atualmente em exposição pública. Curiosamente, a única imagem fiável de Jane é uma pequena aguarela pintada pela sua irmã Cassandra. Essa, no entanto, foi reconhecida pelos especialistas como uma "tentativa fracassada" e descrita por uma sua sobrinha como "horrivelmente diferente" da sua tia Jane. Ao mesmo tempo, existem muitas outras descrições dela por parte de amigos e foi a partir delas que conseguiram chegar a esta sua imagem agora em exibição.

 

Quando entrei, fui convidada a esperar alguns segundos (eu e um grupo de talvez 10 pessoas) e depois entramos numa sala decorada como uma antiga sala de aula. E lá tínhamos à nossa espera uma 'professora', uma rapariga muito simpática, trajada à época, que nos transmitiu todos os conhecimentos acerca da vida de Jane. E devo confessar-vos que, afinal, sabia muito pouco sobre ela...

 

Jane nasceu em Steventon (Hampshire, a 16 de dezembro de 1775) e morreu em Winchester (a 18 de julho de 1817). Ela tinha 6 irmãos (Francis William, Charles John, Edward, Henry Thomas, James e George) e uma irmã (Cassandra Elizabeth). A sua primeira visita a Bath foi em 1797, aos 21 anos de idade. Ela chegou com a mãe e a irmã Cassandra e ficaram em casa de uma tia materna.

 

Não há evidência de que Jane tenha sido cortejada por ninguém, apesar de uma breve paixoneta de juventude com Thomas Lefroy aos 20 anos. Em janeiro do ano seguinte, 1796, ela escreveu à irmã explicando que tudo estava acabado, pois não podia casar-se por razões económicas.

 

Em 1800, o seu pai decidiu mudar-se para Bath. Naquela época, a família costumava ir ao litoral durante o verão, e foi numa dessas viagens que Jane conheceu um homem que se apaixonou por ela. Infelizmente, ele veio a morrer. No entanto, esse facto não aparece em nenhuma das suas cartas, mas foi escrito muitos anos depois, e não se sabe o quanto essa relação pode ter afetado Austen, embora alguns a considerem uma inspiração para o romance "Persuasão".

 

Em dezembro de 1802, enquanto Jane e Cassandra estavam com a família Bigg perto de Steventon, Harris Bigg-Wither pediu Jane em casamento, e ela consentiu. Consta que terá quebrado o compromisso no dia seguinte e foi com Cassandra para Bath.

 

Austen começou a escrever "Persuasão" em agosto de 1815, mas um ano depois começou a sentir-se mal. No início de 1817, iniciou o romance "Sanditon", mas teve de o abandonar por razões de saúde. Para receber tratamento médico, ela foi levada para Winchester, onde acabou por morrer em 18 de julho de 1817, aos 41 anos. No seu testamento, ela deixou tudo o que tinha à sua irmã e confidente Cassandra.

 

Tanto quanto fiquei a saber, Jane morou em várias casas em Bath. Mas uma delas ficava nesta mesma rua do Jane Austen Centre (no Nº25 da Gay Street).

 

E sabiam que existe um Festival Jane Austen todos os anos em Bath? De 13 a 22 de setembro, todos são convidados a celebrar a vida e as obras daquela que foi a residente mais famosa de Bath.

 

Agora, sigam-me pela exposição! Na primeira parte, temos acesso a alguns objetos originais que foram usados nas filmagens das versões de 1995 e de 2007 de "Persuasão" de Jane Austen.

 

 

 

 

MORE ABOUT BATH HERE:

 

- The Royal Crescent: one of the most famous streets in Britain

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

You Might Also Like:

Meet the 'new' royals of The Crown

November 14, 2019

Remembrance Day: what's in a Poppy?

November 12, 2019

1/15
Please reload