For professional inquires or general questions or comments, please contact: mylilobridge@gmail.com

 

Contact Me

Inside Meghan's royal life: 25 times she made the difference

August 4, 2019

Meghan Markle celebrates her 38th birthday today, and reportedly she has opted not to have a huge party. Instead, Meghan will apparently have a quiet day with Prince Harry and baby Archie.

 

Since she arrived to the Royal Family,  she started a new wave, a new era. Meghan is a totally new version of a royal icon. Some people love it, others not really, but she's been doing her path. 

 

Here are 25 things she's been doing differently, some of them can change the way we see royalty forever.

 

1. She wasn't part of the Church of England. Until 2015, royals weren't allowed to marry Roman Catholics unless they were trying to get themselves removed from the line of succession. Meghan has never publicly discussed her religious background, but we know that she went to a Catholic girls' school. In any case, she was baptized into the Church of England prior to her wedding.

 

2. She has her own coat of arms. Before a woman marries into the royal family, her father traditionally receives a royal coat of arms that's then extended to her entire family. However, because Meghan is estranged from her father, Thomas Markle, and he didn't attend the wedding, the palace announced that the coat of arms was created specifically for Meghan.

 

3. She celebrated Christmas at Sandringham before marrying Prince Harry. Christmas at Sandringham is legendary, so much so that only spouses of the Queen's invitees are allowed to attend. Back in 2010, even Kate didn't get to go (she was engaged to Prince William, but she didn't marry him until April 2011). However, Prince Harry asked his grandmother to make an exception for Meghan in 2018.

 

4. She signed autographs. Royals aren't supposed to sign autographs for the simple reason that it makes their handwriting available to people who might use it for nefarious purposes, but during a January visit to Wales, Meghan broke this rule. When 10-year-old Caitlin Clarke asked for her signature, Meghan wrote, "Hi Kaitlin," thus signing without actually signing her own name. Caitlin was so excited that she didn't care that Meghan spelled her name wrong. "I've never got a royal autograph before," she told reporters. 

 

5. Sometimes she doesn't wear a pantyhose. During their official photo session, Meghan chose to not wear pantyhose. While this might seem like nothing special for most women under 85, it's highly unusual for a royal. Queen Elizabeth wears them, Kate Middleton wears them, and Princess Diana wore them. So while it may not be an official rule, it's definitely a tradition.

 

6. She held hands with Prince Harry in public. There's not an official rule about this, but royals usually keep it to a minimum. However,  Meghan and Prince Harry hold hands a lot—whether they're at an official appearance or caught in public by the paparazzi. 

 

7. She was married before. Prior to meeting Harry, Meghan was married to Trevor Engelson (they divorced in 2013). Royals used to be prohibited from marrying anyone who had been divorced, and this was one of the big reasons everybody was so mad when Edward VIII wanted to marry Wallis Simpson, and Princess Margareth was unable to marry the love of her life because he was a divorced man.

 

8. She shares her political views. Legally, members of the British royal family aren't supposed to voice political opinions, as they're a nonpolitical entity. However, Meghan has broken this rule a couple of times. First, she proudly declared herself a feminist and then she reportedly revealed that she was pro-choice. At least, according to Irish Senator Catherine Noone, who tweeted that she spoke with Meg and the Duchess seemed pleased that Ireland wanted to legalize abortion. 

 

9. She doesn't always wear hats. Queen Elizabeth is a firm believer that ladies should keep their heads covered, so it was particularly bold when Meghan went hat-less to an event where she was seated right next to the Queen.

 

10. She likes a loose bun. This technically isn't a full-on rule, but we don't see any other royal do that, at least in official events.

 

11. She's worn all black. The Queen allegedly prefers for royal family members not to wear all black unless they're in mourning, but Meghan has worn all-black outfits on multiple occasions.

 

12. She wore ripped jeans. Royals are only allowed to wear jeans on super casual occasions. But that didn't stop Meghan from wearing a pair while in Toronto with Prince Harry. 

 

13. She wore an off-the-shoulder dress... at Trooping the Colour in 2018. This was Meghan's second official appearance after her royal wedding, and she opted for an off-the-shoulder Carolina Herrera dress. Some thought it broke the "rule" that royal women should dress modestly and not show too much skin—especially considering it was a daytime event. 

 

14. She wore dark nail polish. It's an unspoken rule that royal women should either wear no nail polish or neutral colors (the Queen has been wearing the same light "Ballet Slippers" shade by Essie, or no polish at all, for 28 years). But Meghan wore dark burgundy polish to The Fashion Awards in December 2018.

 

15. She loves to give hugs in public. While visiting Edinburgh, Meghan went in for a hug rather than the customary handshake. And she did it again more recently when meeting Beyoncé. 

 

16. She has a diamond engagement ring. Apparently it might not seem noteworthy that Harry gave Meghan a diamond engagement ring. Royal women tend to favor engagement rings with gems, like Diana's (and now Kate's) famous sapphire ring and Duchess Sarah Ferguson's ruby ring.

 

17. She wore a sheer dress for her engagement photos. She wore a Ralph and Russo ballgown for her engagement shoot. Even though the gown was demure, the sheer material raised some conservative eyebrows.

 

18. She got married on a Saturday. It's royal tradition to get married during the week. For context, Kate Middleton and Prince William were married on a Friday, Princess Diana and Prince Charles were married on a Wednesday, and Queen Elizabeth II and Prince Philip were married on a Thursday.

 

19. She gave a toast at her own wedding. Meghan gave a speech at her wedding, reportedly describing how much she loves Prince Harry, and the ways the family has welcomed her. Even non-royal brides don't usually give speeches at their weddings, so this one was really unprecedented. 

 

20. She had a Baby Shower. Royals don't usually have baby showers, but Meghan flew all the way to New York City for a gathering that her friends threw her to celebrate her future baby. 

 

21. She didn't share any details about her birth plan. Unlike royal women before her, Meghan released a statement, saying, "Their Royal Highnesses have taken a personal decision to keep the plans around the arrival of their baby private. The Duke and Duchess look forward to sharing the exciting news with everyone once they have had an opportunity to celebrate privately as a new family."

 

22. She didn't do a Lindo Wing photoshoot. This is not a protocol, but it is certainly a tradition for royal women to do a photo shoot outside of the famous Lindo Wing after giving birth. Instead, Meghan and Harry posed for photographers with their newborn son a couple of days after welcoming him at St. George's Hall.

 

23. She and Harry gave Archie only two names. Normally royals give their children at least three names. Prince Harry, for instance, is actually Henry Charles Albert David. However, Meghan and Harry decided two names was enough for their son Archie Harrison.

 

24. She and Harry christened Archie privately. Royal christenings normally have a public element to them and photographers are allowed onto the church grounds to capture moments before and after the ceremony. However, Meghan and Harry didn't let the public into Archie's ceremony at all and simply shared two photos.

 

25. She and Harry also kept Archie's godparents private.

 

Meghan Markle's style choices have become some of the most watched in the world since she became HRH The Duchess of Sussex. Here are my favourites - 38 times she's been brilliantly dressed:

Meghan Markle comemora hoje o seu 28º aniversário, e supostamente terá optado por não fazer uma grande festa. Em vez disso, Meghan terá um dia tranquilo junto do príncipe Harry e do bebé Archie.

 

Desde que ela chegou à família real, que trouxe com deu início a uma nova onda, uma nova era. Meghan é uma versão totalmente nova de um ícone real. Algumas pessoas adoram, outras não, mas a verdade é que ela está a fazer o seu caminho.

 

Aqui estão 25 coisas que ela tem feito de forma diferente, algumas delas capazes de mudar para sempre a forma como vemos a realeza.

 

1. Ela não fazia parte da Igreja de Inglaterra. Até 2015, os membros da realeza não podiam casar-se com os católicos romanos, a menos que tentassem afastar-se da linha de sucessão. Meghan nunca discutiu publicamente o seu passado religioso, mas sabemos que ela frequentou uma escola de meninas católicas. De qualquer forma, ela foi batizada na Igreja da Inglaterra antes do casamento.

 

2. Ela tem o seu próprio brasão. Antes de uma mulher se casar com a família real, o pai desta recebe tradicionalmente um brasão real que é estendido a toda a sua família. No entanto, sendo Meghan distante do pai, Thomas Markle, e não tendo ele comparecido ao casamento, o palácio anunciou que o brasão foi criado especificamente para a  Meghan.

 

3. Ela celebrou o Natal em Sandringham antes de se casar com o príncipe Harry. O Natal em Sandringham é de tal maneira importante, que apenas os cônjuges dos convidados da Rainha podem participar. Em 2010, nem mesmo Kate conseguiu ir (ela estava noiva do príncipe William, mas não se casou com ele antes de abril de 2011). No entanto, o príncipe Harry pediu à sua avó que abrisse uma exceção para Meghan em 2018.

 

4. Ela assinou autógrafos. Os membros da realeza não devem assinar autógrafos pela simples razão de que eles disponibilizam sua caligrafia para pessoas que possam usá-la para fins perigosos, mas durante uma visita em janeiro ao País de Gales, Meghan quebrou essa regra. Quando Caitlin Clarke, de dez anos, pediu uma assinatura, Meghan escreveu: "Oi Kaitlin", assinando assim sem assinar seu próprio nome. Caitlin estava tão animada que não se importou que Meghan escrevesse o seu nome errado. "Eu nunca recebi um autógrafo real antes", disse ela aos repórteres.

 

5. Ela não fazia parte da Igreja de Inglaterra. Até 2015, os membros da realeza não podiam casar-se com os católicos romanos, a menos que tentassem afastar-se da linha de sucessão. Meghan nunca discutiu publicamente o seu passado religioso, mas sabemos que ela frequentou uma escola de meninas católicas. De qualquer forma, ela foi batizada na Igreja da Inglaterra antes do casamento.

 

6. De mãos dadas com o príncipe Harry em público. Não há uma regra oficial sobre isto, mas a realeza geralmente tem o mínimo de demonstrações públicas de afeto. No entanto, Meghan e o Príncipe Harry dão-se muito bem - estejam eles numa apresentação oficial ou apanhados em público pelos paparazzi.

 

7. Ela era casada antes. Antes de conhecer Harry, Meghan era casada com Trevor Engelson (divorciaram-se em 2013). Membros da realeza costumavam ser proibidos de se casar com qualquer um que fosse divorciado, e essa foi uma das grandes razões de o mundo inteiro ter ficado tão louco quando Edward VIII quis casar com Wallis Simpson, e a Princesa Margarida viu-se impossibilitada de casar com o amor da sua vida porque ele era um homem divorciado.

 

8. Ela partilha opiniões políticas. Legalmente, os membros da família real britânica não devem expressar opiniões políticas, pois são uma entidade não-política. No entanto, Meghan quebrou essa regra algumas vezes. Primeiro, orgulhosamente declarou-se feminista e depois revelou que era pró-aborto. Pelo menos, de acordo com a senadora irlandesa Catherine Noone, que twittou que ela conversou com Meg e a duquesa parecia satisfeita que a Irlanda quisesse legalizar o aborto.

 

9. Ela nem sempre usa chapéus. A rainha Isabel II acredita firmemente que as mulheres devem manter as suas cabeças cobertas, por isso foi particularmente ousado quando Meghan foi sem chapéu para um evento em que estava sentada ao lado da rainha.

 

10. Ela gosta de um apanhado solto no cabelo. Isso tecnicamente não é uma regra completa, mas não vemos nenhum outro membro da realeza a fazer isso, pelo menos em eventos oficiais.

 

 

11. Ela veste-se toda de preto. A rainha supostamente prefere que os membros da família real não usem todos os negros, a menos que estejam de luto, mas Meghan usou roupas totalmente negras em várias ocasiões.

 

12. Ela usa jeans rasgados. Os membros da realeza só podem usar jeans em ocasiões super ocasionais. Mas isso não impediu que Meghan usasse um par enquanto esteva em Toronto com o Príncipe Harry.

 

13. Ela usou um vestido sem ombros... no Trooping the Colour em 2018. Esta foi a segunda aparição oficial de Meghan depois do seu casamento, e ela optou por um vestido Carolina Herrera sem ombro. Alguns pensaram que isso quebrava a "regra" de que as mulheres da realeza deveriam vesti-ser modestamente e não mostrar muita pele - especialmente considerando que era um evento diurno.

 

14. Ela usou verniz escuro. É uma regra tácita que as mulheres da realeza não devem usar verniz de unhas ou cores neutras (a Rainha tem usado sempre os "Ballet Slippers" da Essie, ou nenhum verniz, ao longo de 28 anos). Mas Meghan usou um esmalte escuro da Borgonha no The Fashion Awards em dezembro de 2018.

 

15. Ela dá abraços em público. Ao visitar Edimburgo, Meghan deu um abraço em vez do aperto de mão habitual. E ela fez isso de novo mais recentemente quando conheceu Beyoncé.

 

16. Ela tem um anel de noivado de diamante. Aparentemente, pode não parecer de bom tom que Harry tenha dado a Meghan um anel de noivado de diamante. As mulheres reais tendem a favorecer anéis de noivado com pedras preciosas, como o famoso anel de safira de Diana (e agora Kate) e o anel de rubi da duquesa Sarah Ferguson.

 

17. Ela usou um vestido transparente para a sessão de fotos de noivado. Tratava-se de um vestido de baile Ralph e Russo . Mesmo que o vestido fosse recatado, o material transparente levantou algumas sobrancelhas conservadoras.

 

18. Ela casou num sábado. É tradição real casar durante a semana. No contexto, Kate Middleton e o príncipe William casaram na sexta-feira, a princesa Diana e o príncipe Charles se casaram na quarta-feira, e a rainha Isabel II e o príncipe Philip casaram numa quinta-feira.

 

19. Ela fez um brinde ao seu próprio casamento. Meghan fez um discurso, descrevendo o quanto ama o príncipe Harry e a forma maravilhosa como a família a acolheu. Mesmo as noivas não-reais geralmente não fazem discursos nos seus casamentos, logo este gesto não teve precedentes.

 

20. Ela teve um Baby Shower. A realeza geralmente não tem chás de bebé, mas Meghan voou até Nova York para uma reunião com as suas amigas que haviam preparado tudo para celebrar a chagada do futuro bebé.

 

21. Ela não partilhou nenhum detalhe sobre o plano de nascimento do bebé. Ao contrário de outras mulheres da realeza antes dela, Meghan divulgou um comunicado, dizendo: "Sua Alteza Real tomou uma decisão pessoal de manter os planos em torno da chegada de seu bebé privados. O Duque e a Duquesa estão ansiosos para partilhar as boas notícias com todos depois que eles tiverem tido a oportunidade de celebrar em particular como uma nova família. "

 

22. Ela não fez uma sessão de fotos à porta do Lindo. Este não é um protocolo, mas é certamente uma tradição para as mulheres da realeza fazerem uma sessão de fotos fora da famosa ala do Lindo hospital após o parto. Em vez disso, Meghan e Harry posaram para os fotógrafos com o filho recém-nascido alguns dias depois do nascimento, na St. George's Hall.

 

23. Ela e Harry deram a Archie apenas dois nomes. Normalmente, a realeza dá aos filhos pelo menos três nomes. O príncipe Harry, por exemplo, é na verdade Henry Charles Albert David. No entanto, Meghan e Harry decidiram que dois nomes eram suficientes para o seu filho Archie Harrison.

 

24. Ela e Harry batizaram Archie em particular. Batizados reais normalmente têm sempre uma parte pública e os fotógrafos são autorizados a entrar nos jardins da igreja para capturar momentos antes e depois da cerimónia. No entanto, Meghan e Harry não deixaram o público entrar no evento e apenas partilharam duas fotos.

 

25. Ela e Harry também mantiveram os padrinhos de Archie em segredo.

 

As escolhas de estilo de Meghan Markle tornaram-se algumas das mais copiadas no mundo desde que ela se tornou HRH The Duchess of Sussex. Aqui estão os meus favoritos - 38 vezes em que foi brilhantemente vestida:

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

You Might Also Like:

Meet the 'new' royals of The Crown

November 14, 2019

Remembrance Day: what's in a Poppy?

November 12, 2019

1/15
Please reload