For professional inquires or general questions or comments, please contact: mylilobridge@gmail.com

 

Contact Me

Queen's Christmas Message: 5 things we all should think about

December 29, 2018

Queen Elizabeth II has been giving speeches since 1952. Almost a lifetime... 66 years doing this, having started at the age of 26. The royal tradition, known as the King's Christmas Message, actually began in 1932, and the short address was an opportunity for the monarch to reflect on the year's major events and the royal family's personal milestones.

 

Prior to 1957, it had been broadcast to the Commonwealth nations via radio, but in 1957 the Queen Elizabeth accepted the BBC’s request to read her remarks live on television from her quarters at Sandringham. That year She said: “I very much hope that this new medium will make my Christmas message more personal and direct. It is inevitable that I should seem a rather remote figure to many of you. A successor to the Kings and Queens of history; someone whose face may be familiar in newspapers and films but who never really touches your personal lives. But now, at least for a few minutes, I welcome you to the peace of my own home.”.

 

This year, Her message focused on the importance of kindness.

 

1.  "At Christmas, we become keenly aware of loved ones who have died, whatever the circumstances. But, of course, we would not grieve if we did not love."

 

2.  "Some cultures believe a long life brings wisdom. I'd like to think so. Perhaps part of that wisdom is to recognise some of life's baffling paradoxes, such as the way human beings have a huge propensity for good, and yet a capacity for evil. Even the power of faith, which frequently inspires great generosity and self-sacrifice, can fall victim to tribalism."

 

3.  "But through the many changes I have seen over the years, faith, family and friendship have been not only a constant for me but a source of personal comfort and reassurance."

 

4.  "Even with the most deeply held differences, treating the other person with respect and as a fellow human being is always a good first step towards greater understanding."

 

5.  "The Christmas story retains its appeal since it doesn't provide theoretical explanations for the puzzles of life. Instead it's about the birth of a child and the hope that birth 2,000 years ago brought to the world. Only a few people acknowledged Jesus when he was born. Now billions follow him. I believe his message of peace on earth and goodwill to all is never out of date. It can be heeded by everyone; it's needed as much as ever."

Desde 1952 que a Rainha Isabel II nos presenteia com uma mensagem de Natal. Quase uma vida inteira ... 66 anos a fazer isto, tendo começado com apenas 26 anos. A tradição real, conhecida como a Mensagem de Natal do Rei, começou em 1932, e a breve mensagem era uma oportunidade para o monarca refletir sobre os principais acontecimentos do ano e os marcos pessoais da família real.

 

Antes de 1957, as mensagens eram transmitidas para as nações da Commonwealth via rádio, mas em 1957 a rainha aceitou o pedido da BBC para ler os seus comentários em direto na televisão, a partir dos seus aposentos em Sandringham. Naquele ano, ela disse: “Espero sinceramente que este novo meio torne a minha mensagem de Natal mais pessoal e direta. É inevitável que eu pareça uma figura bastante remota para muitos de vocês. Uma sucessora dos reis e rainhas da história; alguém cujo rosto podem estar familiarizado através de jornais e filmes, mas que nunca realmente tocou a vossa vida pessoal. Mas agora, pelo menos por alguns minutos, dou-vos as boas vindas à paz da minha própria casa ”.

 

Este ano, a sua mensagem concentrou-se na importância da bondade.

 

1.  "No Natal, tornamos-nos profundamente conscientes dos entes queridos que morreram, quaisquer que sejam as circunstâncias. Mas, é claro, não ficaríamos tristes se não os amássemos."

 

2.  "Algumas culturas acreditam que uma vida longa traz sabedoria. Eu gostaria de pensar assim. Talvez parte dessa sabedoria seja reconhecer alguns dos paradoxos desconcertantes da vida, como o modo como os seres humanos têm uma enorme propensão para o bem e para o mal. Até mesmo o poder da fé, que frequentemente inspira grande generosidade e auto-sacrifício, pode ser vítima do tribalismo ”.

 

3.  "Mas através das muitas mudanças que tenho visto ao longo dos anos, a fé, a família e a amizade não foram apenas uma constante para mim, mas uma fonte de conforto pessoal e confiança."

 

4.  "Mesmo com as diferenças mais profundas, tratar a outra pessoa com respeito e como um ser humano, é sempre um bom primeiro passo para uma maior compreensão."

 

5.  "A história do Natal mantém o seu apelo, uma vez que não fornece explicações teóricas para os enigmas da vida. Em vez disso, é sobre o nascimento de uma criança e a esperança que aquele nascimento de há 2 mil anos trouxe ao mundo. Apenas algumas pessoas reconheceram Jesus. Agora, biliões o seguem. Acredito que sua mensagem de paz na terra e boa vontade para com todos jamais estará desactualizada. Ela pode ser ouvida por todos; é agora mais necessária do que nunca. "

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

You Might Also Like:

'Home for You': Interior Design from Porto to the world

November 14, 2019

Meet the 'new' royals of The Crown

November 14, 2019

1/15
Please reload